Warning: Use of undefined constant has_post_thumbnail - assumed 'has_post_thumbnail' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/storage/6/7a/43/fogacamoreti1/public_html/2018/wp-content/themes/fogacamoreti/single.php on line 7

PESQUISA REVELA QUE SETOR DE EDUCAÇÃO ESTÁ MAIS EXPOSTO A ATAQUES DIGITAIS

Recentemente, a Mastercard em parceria com o Instituto de Pesquisa Datafolha, realizou o estudo “Barômetro da Segurança Digital”, para identificar percepções e opiniões sobre processos de adaptação e transformação digital.

A pesquisa entrevistou 351 tomadores de decisão da área de tecnologia em diferentes setores, sendo 99 deles da área da educação, e revelou que cerca de 41% das empresas do setor são alvos de fraudes e ataques digitais com alta ou média frequência, sendo que apenas 29% das organizações possuem uma área própria de cibersegurança. Dados apontam, ainda, que o setor de educação é o segmento que mais sofre com o sequestro de dados (ransomware) praticado por hackers.

Com a implementação da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), uma série de regras foram impostas para que escolas, empresas e instituições garantam a proteção de dados dos estudantes. Para 85% dos entrevistados, a LGPD irá trazer mais benefícios do que prejuízos ao setor, o que revela já haver consciência acerca da importância dos programas de adequação à LGPD.

O estudo traz, ainda, recomendações ao segmento educacional, como: (i) fazer avaliações de riscos e fraudes periodicamente, incluindo fornecedores e prestadores de serviço; (ii) investir em uma área focada em cibersegurança, bem como treinar e conscientizar funcionários sobre a importância do tema e; (iii) sempre contratar e fazer parcerias com empresas que oferecem soluções em cibersegurança.

A equipe do Fogaça Moreti Advogados permanece à disposição para esclarecer eventuais dúvidas e auxiliar no processo de adequação à LGPD, inclusive no setor da educação.